Atendimento: (32) 3333-2484 / (32) 3333-1302
Blog
24/09/2018

A importância da embalagem para análise de água

A importância da embalagem de acondicionamento da amostra de água no envio para análise de controle da qualidade.

Existem vários frascos disponíveis no mercado, passíveis de serem utilizados para acondicionamento da amostra de água para análise, porém é essencial que se tenha certeza de que o mesmo é inerte e não vai interferir no resultado da análise doando constituintes inorgânicos ou microorganismos ao material amostrado.

Os frascos pets “virgens” costumam ser os mais indicados para amostragem de água para análise físico-química porque não doam constituintes para a amostra, impedindo que o valor da condutividade encontrado não retrate a realidade. Frascos de vidro boro silicato podem doar sílica para a amostra, que, em contato com o ar, libera íons passíveis de alterarem o valor da condutividade.

Mas atenção! Não é recomendável que se faça qualquer tipo de limpeza no frasco pet “virgem” antes da amostragem da água, uma vez que qualquer resíduo de sanitizante pode interferir negativamente no valor da condutividade.

Frascos estéreis são os indicados para análise microbiológica, pois asseguram a inexistência de microorganismos que podem afetar a análise microbiológica, dando um resultado falso-negativo. Da mesma forma, não se deve sanitizar frascos já esterilizados de fábrica, pois pode-se estar inserindo carga microbiana no mesmo!

Por Fernanda Carvalho, responsável técnica – Quallità-Renylab Controle da Qualidade

Compartilhe:

Leia também